Raça e Igualdade promove curso on-line gratuito: Raça, Gênero, Sexualidade e os Mecanismos Internacionais de Proteção de Direitos Humanos

Curso Brasil

Com a presença de advogados/as especialistas do Sistema Interamericano e da ONU e, com a participação de lideranças ativistas de direitos humanos da sociedade civil, a partir do dia 19 de agosto, o Instituto Internacional de Raça, Igualdade e Direitos Humanos (Raça e Igualdade), promove o curso on-line gratuito “Raça, Gênero, Sexualidade e os Mecanismos Internacionais de Proteção de Direitos Humanos”. Através de 9 encontros, divididos em 2 módulos, transmitidos pela plataforma zoom, o curso visa fortalecer e capacitar organizações, ativistas e pesquisadores do Brasil que atuem sobre os temas de raça, gênero e sexualidade para o uso dos mecanismos de proteção de direitos humanos internacionais.

Os encontros acontecerão uma vez por semana, às 11h (Horário de Brasília), com sugestões de leituras e, a cada módulo, será proposto um exercício individual. Haverá emissão de certificado de participação aos que tiverem 75% de presença e, ao final do curso, também será oferecida a possibilidade de publicação de um artigo para ampliarmos o debate sobre o tema. A carga horária é de 18h e o limite de vagas é de 100 pessoas. Além disso, disponibilizaremos tradução simultânea nos encontros com facilitadores de outros idiomas.

Desse modo, visamos tornar acessível e desmistificar o acesso às instituições internacionais de direitos humanos, uma vez que, em meio ao atual cenário sócio-político mundial, encorajamos a difusão da prática de denúncia das violações desses direitos e o fortalecimento dos saberes como estratégia de empoderamento dos grupos mais vulnerabilizados. Por isso, priorizamos uma didática com foco interseccional por meio da apresentação de casos práticos e de ferramentas estratégicas. Junte-se a nós e venha ampliar seus conhecimentos para defender e/ou denunciar as violações dos direitos humanos no Brasil.

Conteúdo

Módulo 1: Interseccionalidade e Sistema ONU

Interseccionalidade e apresentação do Sistema das Nações Unidas

• 1º encontro: Interseccionalidade

• 2º encontro: Introdução ao Sistema das Nações Unidas e funcionamento dos Comitês de Direitos Humanos das Nações Unidas

• 3º encontro: Procedimentos especiais das Nações Unidas

• 4º encontro: Relatoria Especial sobre Formas Contemporâneas de Racismo da ONU (2h)

Módulo 2: Sistema Interamericano

• 5º encontro: Introdução ao Sistema Interamericano

• 6º encontro: Medidas Cautelares

• 7º encontro: Relatorias de direitos das mulheres e de afrodescendentes

• 8º encontro: Relatoria de direitos das pessoas LGBTI

• 9º encontro: Incidência política e encerramento

Inscrições disponíveis até o dia 12 de agosto. Haverá limite de vagas.
Participe e inscreva-se pelo link: https://bit.ly/2EOEexb 
Data: 19 de agosto a 02 de outubro
Duração: 9 encontros
Horário: 11h às 13h
Plataforma: Zoom

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Latest News

Organizaciones internacionales piden rendición de cuentas de Nicaragua ante Corte IDH por desprotección a personas defensoras de derechos humanos
Organizaciones internacionales piden rendición de cuentas de Nicaragua ante Corte IDH por desprotección a personas defensoras de derechos humanos
mayo 5, 2021
El Estado fue convocado por la Corte IDH para referirse a las medidas de protección dictadas a favor de integrantes del Centro Nicaragüense de Derechos Humanos (CENIDH) y de la Comisión Perm
Raza e Igualdad Llama Al Gobierno Colombiano A Detener La Represión De Las Manifestaciones Ciudadanas Y Exige Que Cumpla Con Sus Obligaciones Internacionales En Materia De Derechos Humanos
Raza e Igualdad Llama Al Gobierno Colombiano A Detener La Represión De Las Manifestaciones Ciudadanas Y Exige Que Cumpla Con Sus Obligaciones Internacionales En Materia De Derechos Humanos
mayo 4, 2021
Bogotá, 4 de mayo de 2021.- El Instituto Internacional sobre Raza, Igualdad y Derechos Humanos (Raza e Igualdad) expresa su máxima preocupación por las violaciones de derechos humanos deriva
AMARC-ALC, CPJ, IFEX-ALC, Race and Equality y Voces del Sur condenan el deterioro de la libertad de prensa en Nicaragua y exhortan a las autoridades nicaragüenses a garantizar el ejercicio de la libertad de expresión y de prensa.
AMARC-ALC, CPJ, IFEX-ALC, Race and Equality y Voces del Sur condenan el deterioro de la libertad de prensa en Nicaragua y exhortan a las autoridades nicaragüenses a garantizar el ejercicio de la libertad de expresión y de prensa.
mayo 3, 2021
Al conmemorar el Día Mundial de la Libertad de Prensa, las organizaciones que suscribimos el presente comunicado condenamos el grave deterioro a la libertad de expresión y de prensa que actu